Arduino: Versão Brasileira, Herbert Richers!

Esse post traz um pouco sobre os Arduinos feitos aqui na terra Brasiles. Além de mostrar que os brasileiros estão produzindo suas próprias placas quem sabe você não se inspira e tenta desenvolver uma também? 

Então vamos lá, para começar trago para vocês o Tatuino:

tatuino21.jpg

Que foi o primeiro clone de Arduino fabricado no Brasil pela Tato Equipamentos Eletronicos. A placa é bem montada, com um layout bem feito, com a maioria dos componentes em encapsulamento SMD e o microcontrolador é o ATMEGA168. O Tatuino aparenta ser baseado nos layouts dos projetos do Arduino Diecimilla e do Freeduino com uma diferença principal no uso de um ressonador integrado de tres pinos no lugar do cristal com os capacitores. A placa possui leds SMD ligados ao pino 13 e aos pinos de RX e TX da interface serial do ATMEGA168.

Garagino

Laboratório de Garagem desenvolveu o Garagino, que é uma versão simplificada do Arduino, diminuindo o custo. É interessante para quem quer começar pequenos projetos e gosta de economizar. O LdG ainda desenvolve alguns shields para quem opta por utilizar o Garagino, como o popular shield para conexões Ethernet.

 O Garagino Rev 1 é um produto desenvolvido para os desenvolvedores com interesse em projetos mais baratos e compactos. É compacto, pode ser utilizado direto em protoboards, em projetos destinados a automação, em projetos de coleta de dados, robôs, etc. O Garagino diferente de outras placas miniaturizadas compatíveis com Arduino, utiliza um microcontrolador ATMEGA 328 no encapsulamento DIP 28 pinos e Bootloader do UNO Rev3, ficando mais fácil sua troca caso seja necessário.

Sua alimentação pode ser feita entre 1,8 e 5VDC, esta flexibilidade na alimentação traz economia ao projeto. Quando alimentado 3.3V não necessita de adaptadores de tensão para se comunicar com cartões SD, memôrias externas e outros periféricos que necessitam de níveis lógicos de 3.3V.

Marminino 

Marminino

Marminino é um projeto de Arduino mínimo, bem  fácil de fazer e muito barato. Baseado no Nanino do sueco Johan von Konow, o Marminino é uma adaptação genuinamente cearense, que tem como objetivo ser um Arduino fácil de fazer, de operar, de custo baixo e voltado principalmente para fazedores estudantes de escolas públicas.

O projeto Marminino foi criado pelo professor Daniel Chagas com o software DipTrace, e seus fontes estão disponíveis no site www.simiano.net para uso livre. Ele está licenciado através da Creative Commons (CC BY-NC-SA 3.0).

Se você pensa em montar o seu Marminino, no blog dos Fazedores você encontra o passo-a-passo.

Fontes: Blog do JeJéter SilveiraFazedores.

Anúncios

4 comentários sobre “Arduino: Versão Brasileira, Herbert Richers!

  1. Infelizmente o artigo pecou pesadamente por não citar o Severino S3V3, que é um Arduino “oficial” (tem página própria no site oficial) (1), criado pelo brasileiro Adilson Akashi. Faltam também a CubicBlox (2), a Red Dragon, que entrou em campanha no Catarse ontem (3) e a Black Board da Robocore (4).

    (1) https://www.arduino.cc/en/Main/ArduinoBoardSerialSingleSided3

    (2) http://cubicblox.com.br/produtos/base-cubicblox/

    (3) https://www.catarse.me/reddragon

    (4) https://www.robocore.net/modules.php?name=GR_LojaVirtual&prod=530

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s